LOGO NOVO_2.png

No período gestacional, a mulher passa por modificações corporais importantes para abrigar o bebê em crescimento. Essa fase adaptativa pode gerar dores e/ou incômodos considerados normais para o período como, por exemplo, dores na coluna vertebral, perda involuntária de urina, inchaço em pernas e/ou braços, entre outros. A fisioterapia pode atuar tanto preventivamente para evitar tais desconfortos ou tratá-los, a fim de proporcionar condições para que a mulher possa aproveitar ao máximo o seu dia a dia sem precisar se ausentar de suas tarefas diárias e ocupacionais.

No final da gestação, a fisioterapia atua especificamente no preparo corporal da grávida para as demandas do parto, com exercícios específicos de alongamento e fortalecimento muscular para que a mulher tenha consciência de como utilizar o seu corpo a fim de auxiliar e acelerar o nascimento do bebê. Além disso, atuamos no fortalecimento e preparo perineal para prevenir disfunções.