O que é transtorno obsessivo compulsivo?

 
O TOC, Transtorno Obsessivo Compulsivo é mais facilmente identificado como manias, como por exemplo, lavar as mãos 20 vezes por dia, não dormir enquanto não verificar se a porta está trancada algumas vezes, não conseguir se controlar e alinhar os quadros até da casa dos outros, colecionar objetos inúteis como jornais velhos ao ponto de impedir a livre circulação pela casa, etc.
Também se refere a pensamentos fixos como, por exemplo, estar contaminado por bactérias, pensamento fixo de que alguém que você gosta pode morrer, dúvidas esmagadoras quanto a questões irrespondíveis como “para onde vamos quando morremos?”, “estão pensando mal de mim”, etc.
O transtorno obsessivo compulsivo tem como característica a entrega aos rituais. Alguns temas mais comuns:
- Limpeza. Origina-se do medo da contaminação. A pessoa fica avessa à sujeira de uma forma muito exagerada e passa a limpar, lavar, desinfetar tudo o que acha que possa estar sujo, de forma exagerada podendo chegar a passar noites em claro esfregando a casa.
- Repetição. A pessoa repete um determinado número de vezes o mesmo comportamento. Por exemplo, para chegar até a porta ela sente que tem que dar cinco passos, se não der os cinco passos sente compulsão a voltar e fazer novamente até estar correto.
- Verificação. A pessoa passa horas verificando se as coisas estão da forma que ela considera ideal, nos lugares certinhos, por exemplo, um deve estar copo no ponto exato da prateleira.
- Acumulo. A pessoa passa a acumular coisas inúteis até mesmo quebrados e sujos. Tem gente que guarda lixo em casa de forma a não sobrar espaço para passar pelos corredores. Eventualmente a televisão mostra algum caso de TOC onde pessoas além de não sair de casa também não deixam ninguém entrar, pois sentem vergonha se si mesmas, mas ainda assim não consegue se conter.
- Ordem e simetria. Refere-se à sensação de que as coisas tem que estar naquela ordem que a pessoa considera a correta, ou tudo simétrico. Exemplos: Se ela tomou um gole de água vai ter que tomar outro só para formar um numero par, se passou pela porta os ombros tem que estar alinhados com o batente.
Enfim, muitos comportamentos ilógicos nos faz desconfiar do diagnóstico de TOC.
 

Tratamento para TOC

O TOC pode ser leve, moderado ou grave, mas sempre requer tratamento. É possível conviver com a doença, desde que tenha acompanhamento de médicos ou psicólogos. Em geral, as pessoas descobrem a síndrome depois de anos com os mesmos hábitos ou quando eles começam há atrapalhar o dia a dia. Há muitos casos de negação da pessoa e também da família, pois é uma doença crônica e requer o médico por perto durante toda a vida na maior parte dos casos.
E mesmo com tantos medicamentos disponíveis, ainda assim, a psicoterapia é o tratamento que tem a melhor eficácia comprovada sobre a doença. Em seu princípio básico, a terapia expõe o paciente a situações que geram ansiedade. É uma forma eficiente de reduzir o estresse e a ansiedade, chamar a atenção para suas compulsões, tomar consciência e resolver os conflitos internos. A família deve acompanhar de perto o tratamento, entendendo as características da doença, o que facilita muito os resultados alcançados pelos médicos.
  • Instagram
  • Facebook Social Icon

Horário de funcionamento:

Segunda - Sexta              07:00 - 22:00
Sábado                              08:00 - 19:00
Domingo                          Fechado

 

Endereço:

Rua Senador Milton Campos, 126

Santo Amaro - zona sul de SP - São Paulo

 

Contato: 3477-3375   -   98193-8024 (WhatsApp)